Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Sem mim


Após três noites com Teatro cheio no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, o grupo Corpo viaja por algumas capitais, levando o belíssimo espetáculo Sem mim. O mote são sete cantigas de amigo de Martin Codax, jogral galego-português do século XIII. Mais populares e simples do que as cantigas de amor, as cantigas de amigo medievais revelam o cotidiano da moça da época, sempre à espera do namorado, em suas confidências com amigas, a mãe, ou o mar. Com uma perfomance rigorosa e representativa de constante pesquisa e experimentação de vários recursos aplicados à dança, os bailarinos sobem à cena, num espetáculo fascinante, em coreografia sugestiva, atravessada por jogos de luz e raios laser coloridos. Coreografia de Rodrigo Pederneiras, cenografia de Paulo Pederneiras, figurino de Freusa Zechmeister. Os créditos atribuem a música a José Miguel Wisnik e Carlos Nuñes, os quais contaram com as partituras de Martin Codax, descobertas em 1915 pelo espanhol Pedro Vindel. De toda a produção do cancioneiro medieval, as partituras de seis canções de Martin Codax são as únicas que chegaram aos nossos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário